Como diversificar a matriz de energia elétrica no Brasil?

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Como diversificar a matriz de energia elétrica no Brasil?”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.


Texto I

A matriz energética de um país é o conjunto de fontes disponíveis no país usadas para captar, distribuir e utilizar energia para os setores comercial, industrial e residencial. A matriz energética mundial é formada em sua maioria por recursos não renováveis, como o petróleo e o carvão mineral.

No Brasil, as fontes de energia mais usadas são as renováveis. Com grande destaque para a hidrelétrica, a grande base de nossa matriz energética. Segundo dados de 2019 do Balanço Energético Nacional Interativo, 64,9% da energia consumida no Brasil é de fonte hidráulica.

O Brasil usa 83% de fontes renováveis para a produção de energia, enquanto a média mundial é de 25%. Além de mais sustentabilidade, isso também gera menos custos de operação para as usinas que escolhem a energia renovável .

Além da hidrelétrica, a matriz energética do Brasil também é dividida em: gás natural (9,3%), eólica (8,6%), biomassa (8,4%), carvão e derivados (3,3%), nuclear (2,5%), derivados do petróleo (2,0%), solar (1,0%).

O país tem grande potencial de produção de energia renovável por conta do clima, agricultura e distribuição hídrica. Nos últimos anos, a energia eólica e solar cresceram, especialmente no nordeste. Deixando a matriz energética brasileira cada vez mais limpa.


Disponível em: https://www.vetorlog.com/2021/06/25/como-e-a-matriz-energetica-brasileira/


Texto 2


Texto 3

Brasileiros recorrem à energia solar para escapar dos aumentos na conta de luz


"O principal fator que faz os consumidores procurarem, cada vez mais, a energia solar é porque hoje é mais barato gerar a energia a partir do sol do que comprar essa energia de terceiros. Então, é economia no bolso, direto para os consumidores", declarou o presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia.


Disponível em: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2022/04/27/brasileiros-recorrem-a-energia-solar-para-escapar-dos-aumentos-na-conta-de-luz.ghtml



148 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo